Presidente afirma que Weintraub precisa “dar uma calibrada”

Jair Bolsonaro avaliou que o ministro da Educação tem um desempenho positivo e negou possibilidade de demissão

Isac Nóbrega/Presidência da RepúblicaIsac Nóbrega/Presidência da República

atualizado 21/12/2019 14:21

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, na manhã deste sábado (21/12/2019), que aprova a atuação de Abraham Weintraub. Entretanto, o ministro precisa “dar uma calibrada” nas manifestações públicas. O presidente negou, porém, que haja intenção que tirá-lo do Ministério da Educação (MEC). 

Pouco antes das 9h, o mandatário do país abriu as portas do Palácio da Alvorada para jornalistas de 15 veículos, entre eles o Metrópoles. Durante mais de duas horas de conversa, ele respondeu a perguntas sobre política, governo e vida pessoal. 

“Melhorou demais. Falta dar uma calibrada. Ainda está dando uma de Jair Bolsonaro quando era deputado. Já falei para ele dar uma segurada, para não fazer o que eu fiz no passado. Maneira de falar, de dançar com o guarda-chuva”, afirmou. 

Fazendo uma avaliação do primeiro ano de governo, Bolsonaro elogiou, individualmente, o desempenho dos ministros Paulo Guedes (Economia), Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Tereza Cristina (Agricultura) e Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional).

Apesar de ter deixado vários nomes de fora, o chefe do Executivo afirmou que não pretende fazer trocas na equipe. “Não está previsto. O que acontece para mudar? Tem que ter um motivo. Não sou aquela pessoa que se pintar um problema dá o cartão vermelho”, disse.

Últimas notícias