Onyx sobre Previdência: “Agora, é um país seguro para investidor”

Após aprovação da reforma no Congresso, ministro da Casa Civil está na China para tentar atrair empresários para investirem no Brasil

mike sena/ metrópolesmike sena/ metrópoles

atualizado 24/10/2019 9:01

Enviada especial a Pequim (China) – O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, comemorou nesta quinta-feira (24/10/2019) a aprovação da reforma da Previdência e disse que “agora” o Brasil pode se colocar como um “país seguro” para receber investimentos.

“A aprovação da reforma nos permite dizer que o Brasil está solvido fiscalmente e é um país seguro para investir e os investidores têm a condição da previsibilidade e de fazer o cálculo econômico do retorno do seu investimento”, informou.

Na China, Onyx chegou a Pequim antes do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), para se reunir com grandes empresários e tentar fechar acordos para investimento. As áreas prioritárias são energia, infraestrutura e tecnologia.

“O Brasil precisa do investidor estrangeiro para atualizar sua infraestrutura e gerar mais energia. O país vai crescer muito nos próximos anos e ampliar sua matriz renovável”, justificou o ministro.

A expectativa do titular da Casa Civil é de que a arrecadação dos leilões do pré-sal, da cessão onerosa, ultrapasse R$ 110 bilhões. Ou seja, maior do que a anteriormente prevista, de R$ 106 bilhões. “Estamos entusiasmados. Atualmente, temos 14 competidores se habilitando para participar [dos leilões]. Há uma expectativa de R$ 110 bi ou mais”.

Últimas notícias