O motorista do ex-ministro Antonio Palocci, Carlos Alberto Pocente, prestou depoimento à Justiça no qual revela que já esteve com o político em diversos encontros com banqueiros, inclusive nas sedes desses bancos. Segundo Pocente, as reuniões costumavam acontecer à noite. O material foi divulgado pelo site O Antagonista.

De acordo com o depoimento de Pocente, Palocci se encontrou com os proprietários do BTG, Santander e Safra. No primeiro banco, o motorista revela que as reuniões eram recorrentes e aconteciam até na residência de André Esteves, dono do BTG.

“[Pocente] se recorda de ter levado Palocci em muitas oportunidades ao banco Safra, bem como à residência de seu proprietário; que já levou Antonio Palocci em inúmeras oportunidades até a residência de André Esteves”, diz o depoimento prestado ao Ministério Público.

O motorista prestou serviços ao ex-ministro durante mais de uma década. Ao longo desse período, ele disse que o político se encontrava periodicamente com o empreiteiro Marcelo Odebrecht. Ele se recorda ainda que, em alguns episódios, o ex-presidente Lula e o empresário Léo Pinheiro, da construtora OAS, participavam das reuniões na residência de Odebrecht.