Bolsonaro viaja para o G20, no Japão, e Mourão assume a Presidência

Presidente participará do encontro que reúne as maiores economias do mundo e terá reuniões bilaterais com outros chefes de Estado

Alan Santos/PRAlan Santos/PR

atualizado 25/06/2019 23:13

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) embarcou para a cúpula do G20, no Japão, por volta das 23h desta terça-feira (25/06/2019), na Base Aérea de Brasília. Minutos antes, transferiu o comando do país para o vice-presidente Hamilton Mourão

A chegada ao Aeroporto Internacional de Kansai, em Osaka, onde acontecerá o encontro entre os líderes das principais economias mundiais, está prevista para a tarde desta quinta-feira (27/06/2019). A volta para o Brasil será no sábado (29/06/2019).

Durante a viagem, Bolsonaro se encontrará com pelo menos quatro chefes de Estado, entre eles o presidente da China, Xi Jinping, e o príncipe saudita Mohammed bin Salman. 

O porta-voz do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, disse nesta terça que o Brasil não vai aceitar, por parte da  da Organização Mundial do Comércio (OMC), restrições nas regras para subsídios industriais na reforma.

Caso o trecho sofra alterações, o país vai propor mudanças nas regras de subsídios agrícolas em benefício próprio. “A reforma da OMC é necessária, pois as regras são de décadas atrás”, comentou.

Nesta edição do G20, o Brasil vai presidir as reuniões. Em aproximação com o grupo e com o país, Rêgo Barros adiantou que o presidente Bolsonaro pretende voltar ao Japão em novembro.

Presidente em exercício
Mourão tem duas viagens previstas na agenda nesta semana. Na quinta, como presidente da República em exercício, o general participa da posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. 

Na sexta, Mourão tem compromissos em Curitiba, em solenidade da Polícia Militar do Paraná.

Últimas notícias