Bolsonaro fala em “aidético custoso” e manda banana a jornalistas

Presidente afirmou, neste sábado (08/02/2020) que mídia distorce declarações, "defende os filhos de Lula" e "esculhamba" com a família dele

Lucas Marchesini/MetrópolesLucas Marchesini/Metrópoles

atualizado 08/02/2020 17:20

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a repercutir a declaração polêmica que deu sobre pessoas com HIV. Na saída do Palácio do Alvorada neste sábado (08/02/2020), o militar da reserva criticou os jornalistas e voltou a dizer que os “aidéticos são custosos” para o país.

“Eu falei na semana passada de uma menina que deu à luz pela terceira vez com 16 anos de idade sendo aidética. Falei que faltou uma mãe e uma avó para ela não começar a fazer sexo tão cedo. Qualquer pessoa com HIV, além de um problema de saúde, é custoso para todo mundo. Mas vocês só focaram na parte em que o aidético é oneroso no Brasil”, reclamou Bolsonaro.

Em tom elevado, o presidente criticou a imprensa e chegou a mandar uma “banana” – gesto considerado ofensivo – aos jornalistas presentes.

“Estou levando porrada, mas isso não é o papel da imprensa. Vê se vai ter alguma retificação no jornal de vocês”, começou. E continuou: “Eu quero conversar, mas não dá. Vocês estão querendo que volte o que no Brasil? Aqueles que governavam no passado? Mergulhar o país em corrupção, desesperança para o povo?”, questionou.

O chefe do Executivo ainda afirmou que a imprensa “esculhamba” com a família dele, mas defende o filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “A Folha de hoje, inacreditável… Defendendo o filho do Lula porque é filho do Lula. Agora, esculhambaram com a avó da minha esposa, com a mãe da minha esposa, esculhambam meus filhos…”, disse.

“É só fofoca, só intriga, fica ruim conversar com vocês. Sei que muitos não têm culpa porque passa pela mão do editor. Não dá, não dá. Vou dar uma banana para vocês. Até mais”, finalizou Bolsonaro, que seguiu para um evento evangélico no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Últimas notícias