*
 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse nesta terça-feira (6/11) que a preocupação com a própria segurança não pode ser obsessiva. “Tenho preocupação, mas não pode ser uma obsessão também”, disse durante entrevista a jornalistas após reuniões na Esplanada dos Ministérios.

O capitão da reserva afirmou que continuará ocupando o apartamento funcional a que tem direito como deputado federal, apesar do convite feito pelo presidente Michel Temer para se hospedar na Granja do Torto, uma das residências oficiais da Presidência da República.

Sob forte esquema de segurança, Bolsonaro desembarcou em Brasília nesta terça-feira para participar de sessão solene no Congresso Nacional em homenagem aos 30 anos da Constituição. Em seu primeiro retorno à capital federal desde a vitória na disputa pela sucessão à Presidência, Bolsonaro inicia formalmente a transição de governo.

JP Rodrigues / Especial para o Metrópoles

Comboio do presidente eleito, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira em Brasília

Bolsonaro tem contado com aparato reforçado de segurança desde que foi alvo de uma facada durante agenda de campanha em Juiz de Fora (MG) em setembro. O presidente eleito tem permanecido a maior parte do tempo em sua residência no Rio de Janeiro.