Bolsonaro critica atuação da Justiça no Brasil: “Se metendo em tudo”

Comentário sobre decisões que "interferem em ações do governo" foi feito em transmissão ao vivo por rede social

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 01/08/2019 21:57

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou, durante transmissão ao vivo pelo Facebook na noite desta quinta-feira (02/08/2019), a atuação da Justiça brasileira, citando decisões que interferem em ações do governo.

Um dos exemplos foi a obrigação de manter o monitoramento eletrônico nas rodovias federais. “Está uma briga porque a Justiça está em cima da gente. Quer que a gente tenha radares multando você [cidadão]. É a Justiça, lamentavelmente, se metendo em tudo, meu Deus. Em tudo”, reclamou.

De acordo com ele, uma decisão judicial liminar, em primeira instância, determinou a recondução de comissionados demitidos por meio de decreto. “Se a juíza quisesse pagar, tudo bem, mas quem paga é a União. E nós estamos contingenciando dinheiro de tudo quanto é ministério para poder acabar o ano com a dívida menor”, afirmou Bolsonaro.

O presidente disse que espera a derrubada da liminar em segunda instância, a qual possui, segundo ele, maior entendimento jurídico. 

“Não podemos continuar vivendo nessa insegurança jurídica no Brasil. São quase 20 mil cargos e funções gratificadas que a gente vai ter que voltar, ressuscitar isso aí e entregar isso para professores universitários, entre outros. Não é maldade, não. É que não dá. A gente não tem dinheiro para pagar isso aí”, justificou.

Últimas notícias