*
 

Enviada especial a Curitiba (PR) — Apenas duas horas antes do prazo final dado pelo juiz Sérgio Moro para o político se entregar, as polícias Militar, Civil, Federal, Rodoviária Federal e inteligência do Paraná começaram a discutir juntas, em Curitiba, como evitar confrontos entre manifestantes prós e contra o ex-presidente e garantir a segurança dele.

A reunião começou por volta das 14h30 no centro da capital paranaense. Enquanto isso, na região norte da cidade, a Superintendência da Polícia Federal organiza os últimos detalhes do local que abrigará o ex-presidente. A cela de 15m² já está pronta, mais policiais foram escalados e os que estavam de folga avisados para ficarem de prontidão.

Atos em favor do ex-presidente estão começando em Curitiba e na região metropolitana. Na Praça Santos Andrade, centro da cidade, as Centrais Sindicais já reúnem centenas de manifestantes. As BRs 376 e 277 tiveram o trânsito paralisado por metalúrgicos

 

 

COMENTE

lulacuritibaprisão de Lula
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil