Polícia interrompe velório de indígena para levar corpo para perícia

A família do indígena de 31 anos removeu o corpo do local do crime, em Porto Seguro (BA), antes da realização da perícia policial

atualizado 18/06/2021 12:05

Reprodução / TV Bahia

Após um indígena ter sido morto a tiros na noite dessa terça-feira (15/6), na zona rural de Trancoso, distrito de Porto Seguro, a polícia local interrompeu o velório de Crislando Brito Bandeira, como foi identificada a vítima, para levar o corpo para a perícia.

De acordo com a Polícia Civil (PC), e conforme divulgou o Portal G1, a ação foi necessária porque, após serem comunicados do crime, os Investigadores da 2ª DT/Arraial d’Ajuda foram à aldeia indígena na noite de terça e já chegaram durante o velório.

Leia mais em Bahia Notícias, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias