Polícia do Rio procura terceiro envolvido em morte de pastor

Linha de investigação principal sobre o assassinato do marido da deputada Flordelis (PSD-RJ) envolve desavença familiar

Reprodução/instagramReprodução/instagram

atualizado 17/06/2019 18:53

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está à procura de um terceiro suspeito envolvido na morte do pastor Anderson do Carmo de Souza, 42 anos, marido da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), 58. As informações são do jornal O Dia. Na manhã desta segunda-feira (17/06/2019), um dos filhos da cantora gospel foi detido logo após o enterro do padrasto.

Segundo uma fonte da Polícia afirmou ao jornal O Dia, os agentes passaram a trabalhar com outra linha de investigação: o assassinato de Anderson pode ter sido motivado por uma suposta traição do pastor. Os filhos teriam descoberto o suposto caso e tomado as dores da parlamentar, decidindo executar o religioso. “Os filhos tomaram as dores da mãe e o executaram, por isso ela está batendo na tecla do latrocínio. Há uma concentração de tiros na genitália da vítima e isso mostra que os criminosos agiram com raiva. Há uma terceira pessoa sendo procurada pelo crime. Já temos imagens de câmeras e, a qualquer momento, podemos ter resultados”, disse uma fonte da Polícia Civil.

Durante a detenção do homem, um dos 55 filhos do casal (entre biológicos e adotivos), a mulher do suspeito teria desmaiado. A deputada Flordelis rechaçou a suspeita contra o filho.

Últimas notícias