Polícia vai investigar adoções feitas pela deputada Flordelis

A parlamentar, que tem 55 filhos, é suspeita de ter acolhido crianças e adolescentes de forma irregular

reproduçãoreprodução

atualizado 22/10/2019 10:24

A Polícia Civil vai investigar as adoções feitas pela deputada federal Flordelis (PSD-RJ). A parlamentar é mãe de 55 filhos, sendo 51 deles adotivos. Contudo, a situação de alguns, segundo reportagem do jornal Extra, está irregular.

A investigação não tem relação com a morte do pastor Anderson do Carmo, em junho deste ano. A polícia não descarta a possibilidade de Flordelis ter participado do assassinato do marido.

A nova apuração foi aberta pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Niterói (RJ) com o objetivo de investigar a situação das crianças e adolescentes que estão sob os cuidados da parlamentar.

Uma jovem, por exemplo, está na família há seis anos. A garota, contudo, nunca foi adotada, de acordo com a reportagem. Além disso, Flordelis não teria a guarda legal

Outro caso é o de Rayane dos Santos de Oliveira, hoje com 26 anos. Ela foi a primeira criança a ser acolhida pela deputada, em 1993, mas não teria sido formalmente adotada. Teria ainda sido registrada como filha sem passar pelo aval de um juiz.

Últimas notícias