Mulher que matou marido atropelado se entrega: “Foi um acidente”

Beatriz cumprirá prisão temporária por 30 dias. Episódio aconteceu em 1º de setembro

reprodução: TV Globoreprodução: TV Globo

atualizado 13/09/2019 16:18

Uma mulher é suspeita de atropelar o marido após uma discussão em Ribeirão Preto (SP). Beatriz Azevedo Olivato, de 57 anos, se entregou à Polícia Civil na tarde dessa quinta-feira (12/09/2019). Ela cumprirá prisão temporária por 30 dias. As informações são do G1.

O atropelamento aconteceu no início deste mês, em 1º de setembro. O empresário Fernando Azevedo Olivato, de 55 anos, morreu no local. De início, Beatriz chegou a fugir sem prestar socorro ao marido, mas depois retornou.

A mulher afirma que não matou o marido. Segundo ela, o episódio “foi um acidente”. “Eu não matei meu marido. Eu só vou falar em juízo, só vou falar em juízo, foi um acidente”, disse, ao chegar na delegacia, acompanhada do advogado.

De acordo com os investigadores, o casal havia discutido antes do episódio. Beatriz teria acionado a Polícia Militar e deixado o apartamento após a discussão. Já no carro, a mulher foi surpreendida pelo marido, que tentou entrar no carro.

O atropelamento foi registrado por câmeras de segurança, que embasam o pedido de prisão temporária. O delegado José Luís Meirelles Junior disse que as imagens deixam clara a intenção da mulher.

Últimas notícias