Caso Aline: polícia descarta presença de marido no local do crime

Com o uso de cães farejadores, os agentes seguem com a identificação de possíveis suspeitos do crime em Alumínio (SP)

divulgaçãodivulgação

atualizado 12/09/2019 18:45

A polícia usou cães farejadores para periciar a roupa do marido de Aline Silva Dantas, 19 anos, encontrada morta em uma mata, em Alumínio, São Paulo, nessa quarta-feira (11/09/2019). Segundo informações do G1, os agentes descartaram a presença dele no local do crime. Outra pessoa, que não teve a identidade revelada, também passou pela avaliação e foi descartada.

Aline estava desaparecida desde domingo (08/09/2019), após sair para comprar fraldas para a filha, e foi encontrada parcialmente carbonizada e com marcas que indicam uma possível tentativa de defesa da jovem. Ainda não há informações sobre suspeitos.

Os animais usados na perícia são da Guarda Municipal de Itupeva e foram os mesmos que ajudaram a encontrar o corpo de Aline. A identificação do corpo foi feita com base nos traços da vítima e de pedaços do vestido que ela usava no dia do ocorrido.

Últimas notícias