Achada morta, jovem que saiu para comprar fralda tentou se defender

De acordo com a polícia, o corpo de Aline Silva Dantas tinha marcas no pescoço e na mão. Não há informações sobre suspeitos do crime

atualizado 12/09/2019 11:04

reprodução/ TV Globo

A jovem de 19 anos que saiu para comprar fraldas para a filha e estava desaparecida foi encontrada morta na tarde dessa quarta-feira (11/09/2019). O corpo de Aline Silva Dantas, moradora de Alumínio (SP), foi achado parcialmente carbonizado e com marcas que indicam uma possível tentativa de defesa da vítima, de acordo com a Polícia Civil. As informações são do G1.

Cães farejadores identificaram Aline em uma área de mata, localizada entre a Vila Pedágio e o Jardim Santa Luzia. A jovem fazia esse caminho para voltar para casa. O corpo estava escondido sob uma pilha de madeira. Ela estava desaparecida desde o último domingo (08/09/2019).

Não há informações sobre suspeitos. O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser periciado. A delegada Luciane Bachir, da delegacia de Sorocaba (SP), que investiga o caso, afirmou que marcas no pescoço e na mão foram encontradas no corpo da vítima.

“Estamos averiguando todas as possibilidades. Os exames vão confirmar se houve ou não violência sexual contra a Aline”, explica. Aline foi vista pela última vez quando saiu a pé de casa para ir até a farmácia comprar fraldas para a filha de um ano e nove meses.

Imagens feitas por câmeras de segurança registraram momentos antes do desaparecimento da jovem, quando ela estava ainda na farmácia. Aline aparece entrando no estabelecimento, onde compraria as fraldas. Ela tentou usar um cartão corporativo do marido para efetuar a compra, mas não funcionou.

Últimas notícias