Filho do presidente da Câmara do Rio é acusado de espancar ex

O suspeito é Fábio Tuffy Felippe, que não teria aceito o término do relacionamento

atualizado 31/12/2018 9:35

EBC/Divulgação

A Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), de Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, investiga se as agressões de Fábio Tuffy Felippe à Christini Cardoso de França foram motivadas pelo término do relacionamento entre os dois. As informações são da TV Globo.

Felippe é filho do presidente da Câmara de Vereadores do Rio, Jorge Felippe (MDB). O vereador publicou vídeo em rede social no qual manifesta contrariedade com o ato, que teria sido cometido pelo filho. “Quem pratica violência, tem que responder pelo ato”, disse o político.

Na mensagem, Jorge Felippe diz que soube da suposta agressão por meio da internet. Ele também destacou que “não foram esses os ensinamentos” passados por ele ao seu filho. O político ressaltou que tem esposa, filhos, netos e bisnetos, e que não quer violência para eles. “Tampouco quero violência para quem quer que seja.”

Parentes da vítima registraram a ocorrência contra Fábio Tuffy Fellipe. A delegada Cristiane Carvalho chegou a pedir prisão temporária do suspeito. Contudo, a requisição foi negada pela juíza do plantão judiciário noturno, Angélica dos Santos Costa. O Ministério Público recorreu.

Últimas notícias