Encapuzados invadem boate, matam 5 com tiros na cabeça e ferem 4 no RS

Polícia Civil afirma que apurações preliminares apontam que "nenhuma das vítimas possuía antecedentes criminais''

O LivreO Livre

atualizado 10/08/2019 18:28

No Rio Grande do Sul, encapuzados invadiram uma boate no balneário de Mostardas, litoral norte, na madrugada dessa sexta para este sábado (10/08/2019), e abriram fogo contra os frequentadores. Segundo a Brigada Militar de Mostardas e da Polícia Civil gaúcha, a ação deixou cinco mortos – três homens e duas mulheres – e quatro feridos – dois homens e duas mulheres.

O delegado João Henrique Gomes, titular da delegacia de Polícia Civil de Osório e responsável pela investigação, afirmou ao UOL que apurações preliminares apontam que “nenhuma das vítimas possuía antecedentes criminais”. Todos os mortos foram alvejados com tiros na cabeça.

“Estamos com várias equipes nas ruas em buscas destes criminosos e não descartamos nenhuma hipótese”, afirmou o delegado.

De acordo com  Gomes, a suspeita é o crime que seja represália de traficantes a algum dos alvos, sejam clientes ou empregados da boate. As testemunhas não quiseram prestar depoimento formal logo após a chacina.

Calibres diferentes
Os pertences das vítimas, como celulares e documentos, foram levados. Dentro da Boate Solidão, às margens da rodovia RSC-101, próximo ao Farol da Solidão, a polícia afirma ter encontrado cápsulas de ao menos três calibres diferentes, entre eles 12, 40 e 9 mm.

Os feridos foram transferidos em estado grave para o hospital de Porto Alegre, a 220 quilômetros de Mostardas.

Últimas notícias