Em SP, caminhonete atropela e mata manifestante durante ato do MST

De acordo com informações iniciais, grupo entregava alimentos quando foi surpreendido pelo veículo em alta velocidade

mídia ninja/ reproduçãomídia ninja/ reprodução

atualizado 18/07/2019 18:45

Um homem morreu atropelado na manhã desta quinta-feira (18/07/2019) em frente ao acampamento Marielle Vive, em Valinhos, no interior de São Paulo. Identificado apenas como Luiz, ele participava de uma manifestação junto a integrantes do Movimento Sem Terra (MST).

De acordo com testemunhas, os manifestantes entregavam alimentos na Estrada do Jequitibá, Km 07, em frente ao acampamento, quando foram surpreendidos por uma caminhonete em alta velocidade. O motorista teria jogado o veículo contra o grupo. Além da morte de Luiz, várias pessoas ficaram feridas.

A intenção dos manifestantes era pressionar a prefeitura por fornecimento de água. Além disso, as famílias no local lutam pelo direito à Reforma Agrária. O acampamento conta com mais de 1 mil famílias e existe desde o dia 14 de abril de 2018 na Fazenda Eldorado Empreendimentos Ltda.

Últimas notícias