Carro onde estava “Bunitinho do Sextou” tinha 19 marcas de tiro

Perícia não identificou qualquer sinal de disparos efetuados de dentro do veículo. Além do comediante, outras três pessoas morreram

atualizado 05/12/2019 22:21

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou 19 marcas de tiros no carro em que estava o comediante “Bunitinho do Sextou”, morto em uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) na capital fluminense. Todos os disparos teriam sido efetuados de fora do carro e nenhuma arma foi encontrada no interior do veículo.

Além do comediante, outras três pessoas foram mortas: os empresários dele, Josselino de Oliveira Junior e Jorge Tadeu Sampaio, e o fiscal do BRT Sidney Antunes Figueiredo. Nenhum deles tinha passagens pela polícia.

Segundo informações do portal G1, moradores do Morro do Dendê disseram que “Bunitinho” teria participado, naquela noite, da festa de aniversário de Marcos Vinicius dos Santos, o Chapola, chefe do tráfico na comunidade.

Eles estavam no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro (RJ), onde houve um tiroteio entre traficantes e agentes do Bope. Um policial militar também ficou ferido no episódio.

A corporação informou que os agentes foram à comunidade para averiguar uma informação de inteligência sobre uma suposta reunião de líderes do tráfico e teriam sido atacados assim que chegaram ao morro.

Últimas notícias