Polícia apreende sexto acusado de estupro coletivo de adolescente no Rio

O adolescente havia fugido da comunidade do Cantagalo e foi encontrado na casa de um tio. Ele admitiu a participação no crime

atualizado 14/10/2020 11:34

A polícia apreendeu mais um suspeito de ter participado do estupro coletivo de uma adolescente no morro do Cantagalo, na zona sul do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (14/10). O adolescente de 14 anos assumiu o crime. Ele havia fugido da comunidade e foi capturado na casa de um tio.

De acordo com o delegado Felipe Santoro, titular da 13ª DP, o mandado de busca e apreensão foi expedido no Plantão Judiciário. O menor é o sexto a ser preso pela distrital.

Na sexta-feira (9/10), Dhonathan Moraes de Araújo Clementino, Robert de Souza Brandao Casciano, ambos de 18 anos, Danilo Luiz Cabral de Souza, de 19, e dois adolescentes, de 16 e 14, foram presos. Todos admitiram ter feito sexo com a jovem, porém afirmaram que foi consensual.

Em depoimento prestado na Delegacia da Criança e Adolescente, a adolescente disse acreditar que alguém colocou alguma substância em sua bebida alcoólica durante uma festa realizada na madrugada do dia 27 de setembro.

Ela contou que perdeu os sentidos e foi levada para uma laje em outro ponto do Cantagalo. As amigas da vítima a encontraram nua em uma mesa, onde teria sido violentada. Ela foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto e ficou internada por três dias.

Um laudo do Instituto Médico Legal constatou a violência sexual sofrida pela adolescente.

 

Últimas notícias