“Peguei o rosto na mão”, diz namorado de jovem após acidente de kart

Débora Steffany, de 19 anos, teve o couro cabeludo arrancado enquanto participava de uma corrida em Boa Viagem, em Recife

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 15/08/2019 11:58

O namorado de Débora Steffany Dantas de Oliveira, a jovem, de 19 anos, que teve o couro cabeludo arrancado em um kart, falou sobre o acidente e deu alguns detalhes do resgate. Eduardo Tumajan acompanhava a namorada no momento do acidente. Era a primeira vez que ela participava de uma corrida de kart.

“Eu peguei o rosto da minha namorada na minha mão, botei em uma sacola e corri”, detalha Eduardo. O acidente aconteceu nesse domingo (11/08/2019), em uma pista de kart no estacionamento do Walmart, em Boa Viagem, na zona sul de Recife (PE). Segundo o namorado, Steffany lembra dos detalhes.

“Foi um negócio muito rápido”, explica. “A gente estava no kart, eu dei a primeira volta e vi que o carro dela parou. Quando eu ia ultrapassar, achei que ela tinha batido. Quando eu parei, ela estava com daqui [da testa] para cima todo cortado”, disse, ao demonstrar com a mão o tamanho do corte.

Desde o acidente, Débora Stefanny está internada no Hospital da Restauração, no bairro do Derby. De acordo o namorado, ela está com muita dor e “com um parte do crânio exposta”. Mas o sofrimento foi maior ainda. Ao perceber o acidente, Eduardo clamou por ajuda e demoraram a fazer algo.

“Eu peguei, tirei ela do carro, e a sentei. A gente esperou por ajuda, só que não veio. O máximo que fizeram foi ligar para o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência]. Os seguranças ficaram de longe olhando, mas ninguém quis se envolver”, relembra Eduardo, que é microempresário.

Segundo o cirurgião Jonathan Vidal, como o material foi levado para o hospital, médicos dos setores de neurocirurgia e de cirurgia plástica do HR conseguiram recuperar e reimplantar 80% da área atingida em uma cirurgia que durou cinco horas.

A Polícia Civil está investigando o caso e, nessa terça-feira (13/08/2019), uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) esteve na pista de kart para realizar perícia.

Carlos Arthur ferrão, advogado da empresa Adrenalina Kart Racing, acompanhou o trabalho dos peritos e afirmou que o kartódromo está tomando as devidas providências. A pista de kart está interditada desde segunda-feira (12/08/2019).

Últimas notícias