Pazuello apresenta esclarecimentos a Aras sobre atuação na crise em Manaus

O PGR havia solicitado que o ministro da Saúde se manifestasse sobre a falta de oxigênio em hospitais da capital do Amazonas

atualizado 21/01/2021 16:05

Procurador-geral da República, Augusto ArasMichael Melo/Metrópoles

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recebeu nesta quinta-feira (21/1) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que solicitou audiência para apresentar, presencialmente, esclarecimentos sobre a atuação do ministério em relação à crise vivenciada em Manaus (AM), devido à falta de oxigênio medicinal em hospitais.

Na ocasião, Pazuello esteve acompanhado de assessores das áreas técnica e jurídica do ministério. O material que foi apresentado na reunião, no entanto, não foi divulgado pela PGR.

No domingo (17/1), Aras pediu informações ao ministro para instruir apuração preliminar sobre a atuação da pasta. A apuração foi instaurada a partir de representação formulada pelo partido Cidadania, que sustenta ter havido omissão do Ministério da Saúde no episódio.

Ao fim da apuração, com o envio dos esclarecimentos também por escrito, e considerando outras informações já obtidas pelo órgão, a PGR analisará eventuais providências cabíveis.

Aras também requisitou ao Ministério da Saúde a abertura de inquérito epidemiológico e sanitário, previsto em lei, para elucidar as causas que levaram ao colapso em Manaus e evitar que o cenário se repita em outras partes do país.

Últimas notícias