Pai desabafa uma semana após morte de Bárbara em MG: “Vazio na casa”

A criança, de 10 anos, foi encontrada morta no dia 2 de agosto. Ela saiu para comprar pão e acabou sendo assassinada no caminho

atualizado 09/08/2022 7:16

Arquivo pessoal

Uma semana após a trágica morte da pequena Bárbara Vitória, de 10 anos, o pai da criança, Rogério Vitalino Rodrigues, desabafou. Segundo ele, há um “vazio na casa” da família.

A criança foi assassinada no dia 2 de agosto, em Ribeirão das Neves (MG), quando saiu de casa para comprar pão.

“Uma semana que a gente sente um vazio na casa. Está tudo muito difícil, vai ser um Dia dos Pais doloroso”, disse Rogério ao portal G1.

O principal suspeito do crime foi encontrado morto e o resultado de exame de DNA com o material genético dele ainda não ficou pronto. A família espera ansiosa pelos resultados.

“Estamos aguardando, sem saber o que está acontecendo, não sabemos o que a polícia está fazendo. Deus que está nos amparando”, disse o pai.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

O caso

A menina desapareceu no domingo (30/7), após ir à padaria, e dois dias depois, na terça-feira (2/8), seu corpo foi encontrado por uma vizinha em um matagal.

Imagens de câmeras de segurança mostram a menina saindo da padaria com os pães por volta das 17h46. Outra cena aponta o momento em que a criança corre, como se estivesse fugindo de algo, 30 minutos depois.

Outras imagens mostram o momento em que Bárbara encontra um homem, que faz sinal com a mão em direção à calçada. Eles caminham juntos, a criança para em uma esquina e o homem caminha alguns metros. Em seguida, ele retorna e os dois descem a rua.

Militares foram até a casa do homem que aparece nas imagens, onde foi econtrada uma sacola de pão semelhante a que a menina carregava.

Ele foi levado para prestar depoimento, mas acabou sendo liberado. Dias após, o suspeito foi encontrado morto.

Mais lidas
Últimas notícias