Osmar Terra é chamado de “escroque” em grupo do MDB

Em resposta a uma mensagem publicada por membro do partido em grupo de WhatsApp, deputado enviou notificação extrajudicial

atualizado 05/04/2021 8:54

Valter Campanato/Agência Brasil

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) enviou notificação extrajudicial a um membro do MDB que o chamou de “escroque” em grupo de WhatsApp do partido. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a mensagem com crítica ao deputado foi publicada no grupo Militância Virtual do MDB.

“Ser assessor de um escroque igual a esse Osmar Terra deve ser um dos trabalhos mais degradantes do país. Meus pêsames ao assessor, caso seja um assessor que leia as mensagens. De qualquer forma, mando minha solidariedade e desejo de dias melhores para todos eles mentalmente”, escreveu o rapaz.

Na notificação, o parlamentar diz ter sido vítima dos crimes de calúnia, difamação e injúria. E ainda listou os principais sinônimos de escroque: “patife, pilantra, trapaceiro, traiçoeiro, caloteiro, embusteiro, impostor, fraudador, ladrão”.

Terra quer que o colega de sigla peça desculpas no mesmo grupo de WhatsApp. Caso o pedido não seja feito, o emedebista afirma que tomará as medidas policiais e judiciais cabíveis.

Ex-ministro da Cidadania do governo Jair Bolsonaro (sem partido), Terra minimiza a pandemia da Covid-19 desde o início. Médico, o parlamentar acumula projeções erradas e se manifesta contra medidas de prevenção da circulação do vírus.

0

Últimas notícias