Mulher é presa suspeita de matar o pai carbonizado por vingança

Apurações da Polícia Civil apontam que o crime foi cometido após ela ter sofrido abusos sexuais

atualizado 06/09/2021 10:05

Divulgação/ Polícia Civil

Uma mulher de 41 anos foi presa, nesse sábado (4/9), suspeita de matar o próprio pai, em Fundão, Região Metropolitana de Vitória (ES). Segundo investigações, a motivação do crime seria vingança.

De acordo com o G1, o crime ocorreu em 9 de julho, em Embu-Guaçu, São Paulo. Ela havia buscado o pai, de 65 anos, em uma clínica de reabilitação para um passeio em uma trilha local. Lá, ateou fogo no pai, que morreu carbonizado.

A apuração da Polícia Civil aponta que a mulher era abusada sexualmente pelo pai durante a adolescência. Ela relatou o abuso para a família antes de cometer o crime.

A suspeita foi encaminhada à Delegacia Regional de Aracruz e levada para o Centro Prisional Feminino de Colatina.

Mais lidas
Últimas notícias