Moreira Franco sobre Baleia: “Não se cria liderança do dia para noite”

Moreira disse que a atual fase do partido demanda que alguém percorra o país, como fez Ulysses Guimarães

Michael Melo/Metrópoles

atualizado 06/10/2019 15:51

O ex-ministro Moreira Franco disse neste domingo (06/10/2019) que o novo presidente do MDB, Baleia Rossi (SP), marca uma nova fase do partido, de reinvenção. Sem a liderança de caciques tradicionais.

“A questão que vocês chamam de rejuvenescimento, eu chamo de reinventar, não é uma questão etária. Não se cria uma liderança política da noite para o dia”, afirmou. Moreira é da ala mais antiga do partido, próximo a figuras como o ex-presidente Michel Temer e aos ex-ministros Eliseu Padilha e Geddel Vieira Lima.

Já mirando as eleições municipais de 2020, o ex-ministro ressaltou que o principal desafio agora é montar uma chapa de relevância para vereadores.

“O MDB nesse momento tem que se mobilizar com os militantes. No passado Ulysses Guimarães percorria o Brasil e com isso havia a integração da base e da direção, temos que restabelecer essa relação”.

A convenção nacional do MDB, que ocorre neste domingo, vai aclamar Baleia como presidente da sigla, no lugar do ex-senador Romero Jucá (RR). Aos 47 anos, o deputado federal é o presidente mais jovem do partido.

Últimas notícias