Mesmo após áudio de Bolsonaro, protestos de caminhoneiros seguem pelo país

Polícia Rodoviária Federal (PRF) liberou seis pontos para o trânsito de caminhões, de acordo com o Ministério da Infraestrutura

atualizado 09/09/2021 11:42

Bloqueio de caminhoneiros em Goiás, na GO-020 Vinícius Schmidt/Metrópoles

Apesar da liberação de seis pontos, 15 estados ainda apresentam bloqueios ou tentativas de paralisação em rodovias federais, após ameaça de greve dos caminhoneiros. A informação foi divulgada pelo Ministério da Infraestrutura na manhã desta quinta-feira (9/9). Alguns postos começaram a ficar sem combustíveis na noite dessa quarta-feira (8/9).

Segundo o Ministério da Infraestrutura, o trânsito de caminhões foi liberado pela Polícia Rodoviária Federal na BR-040/Minas Gerais, BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa), BR-040/Rio de Janeiro (Reduc), BR-101/Espírito Santo, BR-376/Paraná e BR-153/Goiás (Anápolis).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a única rodovia federal ainda completamente interditada é a BR-174, em Roraima.

Ainda há bloqueios em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará.

Confira a liberação da BR-040/Rio de Janeiro (Reduc):

Mais lidas
Últimas notícias