Major Olímpio protocola impeachment de Toffoli

No documento, o senador apontou o ato de abuso e censura à imprensa, na qual mencionava Toffoli na delação de Marcelo Odebrecht

EBC

atualizado 04/12/2019 16:06

O líder do PSL no Senado, Major Olimpio, protocolou junto a Secretaria Geral da Mesa um pedido de impeachment do ministro presidente do Supremo Tribunal Federal, José Antônio Dias Toffoli por crime de responsabilidade.

No documento, o senador apontou o ato de abuso e censura à imprensa, como no caso do inquérito aberto para retirada da matéria divulgada pelo site O Antagonista e a revista Crusoé, na qual mencionava Toffoli na delação de Marcelo Odebrecht, no âmbito da operação Lava Jato.

Além do afastamento de dois Auditores da Receita Federal e a suspensão de procedimentos investigatórios instaurados no âmbito da Receita Federal envolvendo 133 contribuintes.

Na mesma linha abusiva e ilegal de Toffoli, o documento apontou também a suspensão de todas as investigações em curso no país que tenham como base dados sigilosos compartilhados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) e pela Receita Federal, com o Ministério Público, sem prévia autorização judicial.

“Esses atos praticados pelo ministro, são verdadeiros atos ditatoriais, abusivos, irresponsáveis, que não só impedem a liberdade da população, como destroem e implodem o funcionamento de órgãos públicos que possuem fundamental importância para consolidação da Democracia Brasileira”

Últimas notícias