Mais de 50 cachorros ficam abandonados após donos morrerem de Covid-19

Animais estão sob os cuidados de ativistas de Rio Claro (SP), que realizam uma campanha de adoção para encontrarem um novo lar para eles

atualizado 17/04/2021 17:58

Depois que um casal de Rio Claro (SP) morreu de Covid-19, mais 50 cães ficaram sozinhos. Por enquanto, eles continuam na mesma casa em que moravam com os antigos donos, no Jardim Independência, e aguardam por adoção. Os animais estão sendo cuidados por ativistas dos direitos dos animais.

Durante a internação até a morte do casal, quem cuidou dos cães foi a filha deles, que também positivou para a doença, afirmou reportagem do portal G1. 

Os protetores de animais, então, assumiram o lugar e agora organizam a doação dos bichinhos, uma vez que o imóvel onde eles estão é alugado e a casa precisa ser devolvida ao proprietário.

“Com a campanha, nós ganhamos muita ração e produto de limpeza. Todos os animais estão fazendo hemograma e recebendo os remédios para carrapatos. Hoje mesmo fizemos um mutirão, com três veterinários, para colher os exames dos animais”, afirmou a advogada e voluntária Giselle Pfeifer ao portal.

De acordo com ela, os animais são vira-latas e dos 68 cachorros deixados pelo casal, 15 já foram adotados.

Os interessados em acolher um cão podem entrar em contato com os cuidadores pelos telefones: (19) 99963-7511 ou (19) 98161-6373.

Últimas notícias