Laudo comprova que MC Kevin usou drogas antes de morrer

Documento revela que o funkeiro ingeriu MD, droga sintética. No entanto, não conclui se foi de "forma excessiva"

atualizado 28/05/2021 18:41

MC Kevin morreu em 16 de maioReprodução

O funkeiro Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, usou drogas antes de cair de um prédio, no Rio de Janeiro, e morrer. A informação consta no laudo do Instituto Médico Legal (IML) do Rio que analisou as substâncias presentes no sangue do músico. Segundo o documento, ele ingeriu MDMA.

“De acordo com as técnicas utilizadas, foi possível detectar no material analisado duas substâncias compatíveis com o padrões de cafeína e metilenodioximetanfetamina (MDMA)”, diz o laudo.

O laboratório, no entanto, não conseguiu avaliar se a quantidade de drogas ingeridas por MC Kevin foi excessiva. “Não há elementos
para afirmar se as mesmas foram utilizadas em doses usuais ou excessivas”, diz o documento.

Leia o laudo:

Laudo Kevin Droga by Metropoles on Scribd

Outro laudo divulgado durante a semana comprovou que o funkeiro ingeriu alta quantidade de bebidas alcóolicas. “Há estado de confusão mental com alterações neurológicas e psicológicas, à beira da embriaguez”, afirmou o perito legista Tavane de Moraes ao Metrópoles.

O laudo constatou 13 decigramas por litro. A quantidade é mais que o dobro (6 decigramas por litro de sangue) do índice que permite a prisão para motoristas flagrados, por exemplo. “Seguramente, ele estava alterado”, concluiu Moraes.

Antes da queda, MC Kevin estava com um amigo e a modelo Bianca Domiguez, contratada para um programa sexual por R$ 2 mil. Investigação da 16ª DP (Barra da Tijuca) aponta que ele teria tentado pular para outro quarto para escapar de um suposto flagrante da esposa.

A polícia abriu nova investigação para apurar o desaparecimento da aliança de Kevin, com base no registro de ocorrência por furto feito por Deolane.

0

Últimas notícias