*
 

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, chegou no Aeroporto Internacional do Galeão, na capital carioca, por volta das 19h47 desta quarta-feira (11/4). Ainda nesta tarde, Cabral deixou o presídio de Pinhais – na região metropolitana de Curitiba (PR), onde estava encarcerado –, e será direcionado ao Complexo de Bangu, na zona oeste do Rio. A transferência foi autorizada pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) na terça (10).

Ainda nesta quarta ele dará entrada, novamente, no presídio de Benfica, Zona Norte do Rio de Janeiro, onde ficou preso até janeiro. No entanto, devido a denúncias de que o ex-governador era privilegiado no sistema prisional fluminense, ele foi mandado para a unidade curitibana. Agora, regressa ao seu estado de origem. Todo o processo de transferência do político está sob a responsabilidade da Polícia Federal.

A prisão
Sérgio Cabral está preso preventivamente desde novembro de 2016. O ex-governador é acusado de liderar uma organização criminosa que atuava no Executivo do Rio de Janeiro à época de sua gestão. Ele responde a 22 ações penais por crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, e já foi condenado em cinco delas. Suas penas já somam mais de 100 anos de prisão.