Moro autoriza uso da Força Nacional no combate ao coronavírus

Agentes poderão auxiliar na segurança de profissionais de saúde, unidades de atendimento hospitalar, entre outras atividades

Soldados da força nacional com helicoptero ao fundoIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 31/03/2020 8:31

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o uso da Força Nacional para ajudar o Ministério da Saúde nas ações de combate ao novo coronavírus. A Portaria nº 151/2020 foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na noite dessa segunda-feira (30/03).

De acordo com a portaria, a Força Nacional poderá “atuar nas ações de preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio por meio de apoio às ações do Ministério da Saúde na prevenção e combate da pandemia do novo coronavírus”.

O apoio, de acordo com o documento, tem validade de 60 dias, até o dia 28 de maio. O prazo, no entanto, poderá ser estendido caso seja necessário.

Os agentes da Força Nacional poderão, entre outras atividades, reforçar as medidas policiais de segurança nos centros de saúde e na distribuição e armazenamento de produtos médicos e farmacêuticos.

Os militares tabém poderão atuar no patrulhamento ou guarda ostensiva para evitar saques e vandalismo e auxiliar profissionais de saúde no atendimento de pacientes com suspeitas de estarem infectados com o coronavírus.

Últimas notícias