Lula diz que tem um “cantinho” para o amigo José Dirceu na PF

O TRF-4 negou recurso do ex-ministro e a Justiça Federal em Curitiba determinou seu retorno à prisão

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 17/05/2019 20:06

Preso há mais de um ano na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba – desde 7 de abril do ano passado -, condenado pela Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lamentou a ordem de prisão do ex-ministro José Dirceu, mas brincou com o fato de o correligionário ser levado para o mesmo prédio.

“O presidente Lula lamentou a prisão do José Dirceu, mas fez uma brincadeira, coisa de amigo, dizendo que, se Dirceu quiser, tem um cantinho para ele”, disse, nesta sexta-feira (17/05/2019), o ex-deputado Wadih Damous (PT-RJ), que integra a defesa de Lula.

Dirceu está a caminho da PF em Curitiba onde deveria ter se apresentado às 16h. A defesa do petista comunicou à Justiça Federal de Curitiba (PR) que ele iria se atrasar na apresentação à Polícia Federal.

Acidente
Segundo os advogados do ex-ministro, um acidente na rodovia BR-116 provocou um congestionamento, atrasando o cronograma de viagem do petista.

Nessa quinta-feira (16/05/2019), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou recurso de Dirceu e a Justiça Federal em Curitiba determinou sua prisão. Dirceu vai cumprir pena de 8 anos e 10 meses pela segunda condenação na Lava Jato. (Com Agência Estado)

Últimas notícias