Justiça condena homem que tentou matar a mulher com ceia de Natal

O réu teria envenenado a refeição e forçado a esposa a comer. No entanto, uma sobrinha alertou sobre a possibilidade do veneno

atualizado 28/11/2019 12:13

iStock

O 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, de Belo Horizonte (MG), condenou um homem, nessa terça-feira (26/11/2019), por tentar envenenar a mulher com a ceia de Natal, em 2008. A sentença estipulada foi de 4 anos e 4 meses em regime semiaberto. A informação é do jornal O Tempo.

Segundo o Ministério Público, o crime foi motivado por ciúmes. A esposa teria recebido uma ligação telefônica de um homem, que irritou o réu.

Consta no processo que, no dia 25 de dezembro de 2008, ele envenenou uma refeição e tentou obrigar a mulher a comer. Ela só não consumiu o alimento porque uma sobrinha desconfiou que havia o veneno conhecido como “chumbinho“.

O réu alegou que se arrependeu de entregar a refeição envenenada para a mulher e que ele mesmo ingeriu todo o alimento que seria entregue a ela, chegando a ser hospitalizado em consequência disso.

Últimas notícias