Juiz determina à PF enviar ao STF cópia de inquérito sobre hackers

Decisão atende ao ministro Alexandre de Moraes, que requisitou a íntegra do material apreendido pela Operação Spoofing

Andre Borges/Esp. MetrópolesAndre Borges/Esp. Metrópoles

atualizado 03/08/2019 13:17

Nesta sexta-feira (02/08/2019), o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, determinou, em despacho, que a Polícia Federal envie ao Supremo Tribunal Federal (STF) a cópia do inquérito que apura a invasão de celulares de autoridades. São informações do G1.

O ofício foi enviado em cumprimento a uma decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, que requisitou, na noite dessa quinta-feira (01/08/2019), a íntegra do material apreendido pela Operação Spoofing, deflagrada com a finalidade de prender os supostos hackers.

“Diante de notícias veiculadas apontando indícios de investigação ilícita contra ministros desta corte [STF], expeça-se ofício ao juízo da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília solicitando cópia integral do inquérito e de todo o material apreendido na operação”, determinou Moraes. ​

Liminar de Fux
A decisão de Alexandre de Moraes se deu horas depois de Luiz Fux, também ministro do Supremo, conceder uma medida liminar determinando a preservação das mensagens apreendidas com os hackers presos.

O limite para a entrega do material imposto pela decisão de Moraes é de 48 horas, o que inclui o fim de semana. Diante disso, o prazo termina às 13h deste domingo (04/08/2019).

O despacho de Moraes não retira o inquérito da primeira instância. Portanto, a investigação continuará com o juiz Ricardo Leite e com atuação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Últimas notícias