Deputada entra na Justiça para evitar que Bia Kicis comande CCJ

Fernanda Melchionna (PSol-RS) critica o fato de a parlamentar ser alvo de dois inquéritos no STF

atualizado 04/03/2021 14:35

Deputada federal Bia KicisDivulgação

A deputada federal Fernanda Melchionna (PSol-RS) entrou com uma ação popular, com pedido de liminar, na Justiça federal para impedir a deputada Bia Kicis (PSL-DF) de assumir o comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

A CCJ é a responsável por analisar os aspectos constitucional, legal, jurídico, regimental e de técnica legislativa de projetos, emendas ou substitutivos sujeitos à apreciação da Câmara e a admissibilidade de Propostas de Emendas à Constituição (PEC).

“É um escândalo que alguém investigada em dois inquéritos gravíssimos possa ser cotada a assumir a principal comissão da Câmara”, disse a parlamentar ao Metrópoles.

Bia Kicis é investigada no Supremo Tribunal Federal (STF) por divulgação de fake news e pela participação nos atos antidemocráticos que ocorreram em 2020.

Veja a ação:

Candidatura CCJ by Metropoles on Scribd

Mais lidas
Últimas notícias