Agressor de Luciana não pode chegar perto nem mandar mensagem para ex

Segundo o juiz responsável pela decisão, o piloto tem "temperamento agressivo" e "histórico de agressão"

ReproduçãoReprodução

atualizado 26/12/2018 23:29

Ex-namorado e agressor da advogada Luciana Pereira Sinzimbra, o piloto Victor Augusto do Amaral Junqueira foi proibido pelo juiz Avenir Passo de Oliveira de se aproximar da sua ex. A decisão, à qual o Metrópoles teve acesso, determinou que ele não chegue a 300 metros da vítima e tampouco faça contato.

“Verifico que há elementos de convicção suficientes para atestar a existência de risco à integridade da requerente”, destacou o juiz na decisão, tomada no último dia 15. “O representado (Victor) é pessoa com temperamento agressivo e possui histórico de praticar atos de violência doméstica e familiar”, prosseguiu.

Confira a íntegra:

Piloto não pode chegar pert… by on Scribd


Além da distância física que terá de manter de Luciana, o piloto ficou impedido de fazer qualquer tipo de contato, sejam eles “telefonemas, mensagens de whatsapp, contato por redes sociais como facebook, instagram, etc”.

Na decisão, o juiz advertiu Victor que descumprimento da determinação implicará no decreto de prisão preventiva.

Nesta quarta-feira (26), a delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Gomes Martins, disse ao Metrópoles que todo o material colhido ao longo da investigação é muito forte, e emendou: “contra fatos não há argumentos”.

Victor Junqueira foi indiciado por lesão corporal, ameaça, injúria e violação de domicílio. A pena máxima para os crimes pode chegar a 4 anos e 6 meses de detenção. Assim que a justiça retornar do recesso, o processo será distribuído a um dos quatro juizados da mulher do estado.

Entenda o caso
Em 14 de dezembro, Luciana gravou vídeo sem que seu namorado soubesse. Nas imagens, Victor é flagrado espancando a ex-namorada no apartamento dela, no Setor Marista, em Goiânia. A advogada registrou ocorrência no dia seguinte e contou às autoridades policiais que namorava o autor das agressões havia três anos. Ela relatou também não ter sido a primeira vez que foi atacada.

No dia da filmagem, o casal retornava de uma confraternização do trabalho de Luciana. É possível ouvi-la dizer: “Você vai me matar desse jeito”.

View this post on Instagram

CENAS FORTES: Mulher é espancada por namorado em Anápolis – com câmera escondida ela registrou a agressão. (Em respeito à vítima e a família nublamos o rosto da advogada). . Uma advogada registrou um boletim de ocorrência contra o namorado por violência doméstica, em Anápolis. Com uma câmera escondida, a mulher fez um vídeo que mostra toda a agressão, no dia 14 de dezembro. A Polícia Civil divulgou as imagens nesta segunda-feira, 24. . A vítima contou à polícia que namora o autor das agressões há 3 anos e nunca havia registrado ocorrência policial achando que as brigas iriam acabar. . No dia em que o vídeo foi feito, os dois chegaram no apartamento da vítima localizado em Goiânia, o autor da agressão ficou transtornado porque a namorada não teria insistido para que ele ficasse. O caso vai ser investigado pela polícia.

A post shared by Bill Guerra Mochilink (@bill.guerra) on

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas notícias