Jô Soares, um dos ícones da TV brasileira, morre aos 84 anos

Jô estava internado no Sírio-Libanês e morreu nesta sexta-feira (5/8); ele era uma das pessoas mais queridas da TV brasileira

atualizado 05/08/2022 12:40

Reprodução/ Carol Caminha/Gshow

Apresentador, ator, humorista, escritor e diretor, Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira (5/8), aos 84 anos. Jô estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 28 de julho, para tratar de uma pneumonia. A causa da morte não foi informada, a pedido da família.

O enterro e velório do corpo de Jô, um dos maiores nomes da TV brasileira, serão reservados à família e aos amigos.

O Sírio-Libanês confirmou, em nota, que Jô morreu às 2h20. “Ele estava internado desde o dia 28 de julho no hospital, onde era acompanhado pelas equipes do corpo clínico da instituição”, destacou a unidade de saúde.

José Eugênio Soares, conhecido como Jô, nasceu em 16 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro. Ele foi humorista, apresentador de televisão, escritor, diretor e ator.

Jô trabalhou nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e Globo. Entre os bordões, está o “beijo do gordo”.

A carreira como apresentador começou no SBT, com o programa Jô Soares Onze e Meia, que ficou no ar entre 1988 e 1999. No ano seguinte, o humorista estreou o Programa do Jô na TV Globo, encerrado em 2016.

Jô perdeu seu único filho, Rafael Soares, há oito anos. Rafinha, como ele o chamava, faleceu aos 50 anos, em 31 de outubro de 2014, em virtude de complicações de um câncer no cérebro. Rafael era autista e filho do primeiro casamento de Jô Soares com a atriz Teresa Austregésilo.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

“Orgulho para todo mundo”

Ex-mulher de Jô, Flávia Pedras informou a morte na sua rede social. “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados”, disse.

“Aqueles que, através dos seus mais de 60 anos de carreira, tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país onde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”, destacou Flávia.

Na homenagem, ela ainda ressaltou: “Você é orgulho para todo mundo que compartilhou, de alguma forma, a vida com você. Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Amor eterno, sua, Bitika.”


Veja o post feito por Flavia Pedras nas redes sociais:

Famosos lamentam a morte

A apresentadora Ana Maria Braga lamentou a morte do amigo e disse que “o dia amanheceu sem graça” após a partida de Jô. “Eu tive a honra de conhecer e conviver com esse jornalista e humorista tão talentoso e querido de todos nós. Hoje o dia amanheceu mais sem graça. Vá em paz”, escreveu nas redes sociais.

Adriane Galisteu, que foi dirigida por Jô no teatro, também lamentou. “Meu Deus o mundo sem você…. Meu amado amigo , diretor, conselheiro , vizinho, que tristeza… você sempre foi cercado de amor e sempre será assim ! Vou seguir te aplaudindo e, através de suas obras, aprendendo com vc! Obrigada por tantas risadas , tantas conversas por todos os ensinamentos 💔🙏 te amo eternamente.”

A cantora Zélia Duncan também reverenciou Jô. “Obrigada por tanto.”

A apresentadora da TV Globo Patrícia Poeta disse que o talento de Jô atravessou gerações.

A TV Globo, também pelas redes sociais, deixou mensagem aos familiares e amigos: “Nossos sentimentos”.

O SBT emitiu nota de pesar. “O SBT se solidariza com todo o público, que tinha em Jô Soares um grande amigo da televisão, e particularmente deseja que Deus conforte seus familiares e amigos”, destacou a emissora.

 

Mais lidas
Últimas notícias