*
 

Enviadas especiais a Curitiba (PR) – A menos de 200m metros de distância da sede da Superintendência da Polícia Federal, onde está detido, desde a noite de sábado (7/4), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, militantes apoiadores do petista preparam o jantar em acampamento improvisado. Entre as opções, há pernil (foto em destaque).

Nas instalações da PF, já passou da hora de comer. Às 18h, 21 marmitas chegaram ao prédio. Segundo o motorista do veículo que levou a alimentação informou à Agência Estado, o cardápio para o jantar deste domingo era carne assada, arroz, feijão, chuchu e macarrão, além de suco de laranja.

Ele disse que o cardápio era o mesmo para todos os presos, o que sinaliza não haver alimentação diferenciada para Lula. O ex-presidente ingressou ali no sábado (7/4), dando início ao cumprimento da sentença de 12 anos e 1 mês de reclusão, em regime inicialmente fechado, ao qual foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). (Com informações da Agência Estado)