Jade Picon é mais uma ex-BBB que deve virar atriz; relembre nomes

Participante da edição de 2022 está cotada para participar da próxima novela das 9; outros ex-BBBs também partiram para a carreira de ator

atualizado 09/05/2022 20:39

A influenciadora e ex-BBB22 Jade Picon posa para foto. Ela usa cropped marrom e saia de couro ocre - MetrópolesReprodução

Rio de Janeiro — Notícias indicam que a ex-BBB Jade Picon estará no elenco da próxima novela das 9 da TV Globo. Depois de fazer sucesso em sua participação no reality, a influenciadora paulista de 20 anos pode engatar uma nova atividade.

Travessia, a nova trama do horário nobre, irá substituir a recém-lançada Pantanal. O site Notícias da TV divulgou que Jade é aposta certa na produção, porém a TV Globo ainda não confirma a informação.

Caso a novidade se concretize, vale lembrar que não se trata de algo inédito na história do programa, já que diversos nomes saíram da casa do BBB, mas continuaram nas telas da emissora como atores. Relembre alguns casos:

0

O nome mais emblemático nessa trajetória é o de Grazi Massafera. A paranaense participou do BBB 5, em 2005. Assim como Jade, não ganhou o programa, mas estreou como atriz da TV Globo em 2006, na novela Páginas da Vida. Atualmente, é intérprete de grosso calibre no canal e chegou a ser indicada ao Emmy Internacional na categoria Melhor Atriz.

Outro caso famoso de personalidade que saiu do BBB, mas não do Projac, é o de Juliana Alves. Ela participou da terceira edição do reality e, após ser eliminada ainda no começo da atração, foi convidada para atuar em Chocolate com Pimenta, em 2003. A atriz trabalhou em outras emissoras, já brilhou no cinema e retornou à TV Globo, onde está atualmente.

A conquista de uma vaga na dramaturgia da emissora não é exclusiva das mulheres. Kaysar Dadour se lançou como ator na novela Órfãos da Terra, em 2019. Ele participou do BBB 18 e acabou em segundo lugar. O sírio também foi um dos protagonistas da terceira temporada da série Carcereiros. Ele atuará na próxima novela das 7, Cara e Coragem, que estreia em 30 de maio.

O primeiro caso do tipo ocorreu já na primeira edição do Big Brother. Vanessa Pascale, vice-campeã, estreou como atriz na novela Sabor da Paixão, em 2002. Ela segue trabalhando e sua última atuação se deu em Um Lugar ao Sol, no ano de 2021.

Nem sempre o sucesso vem logo após a saída do reality. Michelle Costa foi a primeira eliminada do BBB 9. Ela estudou, formou-se em Artes Cênicas e estreou como atriz em 2016, na trama Totalmente Demais.

Resistência do meio artístico

Nem sempre a chegada no ramo de pessoas famosas, mas sem formação em artes cênicas, é bem vista por profissionais da área. A cantora Ludmilla foi escalada para atuar na série do GloboPlay Arcanjo Renegado, em 2020. A decisão virou alvo de críticas da atriz Samantha Schmutz:  “Meu sonho é que meus amigos atores desempregados, porém formados em artes cênicas, tenham essa mesma facilidade de conseguir um papel”, comentou.

Controvérsias envolvendo ex-BBBs também ocorreram recentemente. Juliette, campeã da edição de 2021, teve o pedido do registro profissional de atriz negado pelo sindicato, por não ter trabalhos suficientes no currículo. Já Rafa Kalimann, vice-campeã em 2020, virou alvo do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Rio de Janeiro.

Ela teve sua participação na série do Globoplay Rensga Hits ameaçada, mas conseguiu uma autorização para atuar na produção.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias