Influencer explica câncer de mama e raspa cabelo diante das filhas

"A quimioterapia faz parte da minha cura e cortar o cabelo faz parte dessa transformação", diz Mariana Fernandes

atualizado 28/10/2021 15:01

Reprodução/Instagram

São Paulo – Em agosto, a fisioterapeuta Mariana Fernandes, de 37 anos, foi diagnosticada com câncer de mama pela segunda vez, e precisou enfrentar o tratamento com quimioterapia. Raspar o cabelo faz parte desse processo e a influenciadora se comprometeu a passar por tudo da maneira mais leve possível.

Em um vídeo publicado em seu Instagram @mari.anjorosa no último dia 17, ela mostra o momento emocionante em que cortou os fios, ao lado de suas filhas de 5 e 8 anos de idade. “Desde que eu descobri este novo diagnóstico, lidei de uma forma mais positiva. Não tem como prever nada da vida mesmo, então bora viver o agora com câncer ou sem câncer”, disse ao Metrópoles. Assista ao vídeo:

No YouTube e no Instagram, Mariana, que mora em Santos, no litoral paulista, posta conteúdos didáticos sobre o câncer de mama, conscientiza mulheres sobre a importância do autoexame e dá dicas sobre como lidar com os tratamentos.

O segundo baque

Em janeiro de 2020, ela foi diagnosticada com a doença pela primeira vez. Fez mastectomia e retirou completamente as duas mamas. A fisioterapeuta contou que seguia a vida normalmente e se preparava para a cirurgia de reconstrução de mamilo, quando, em agosto deste ano, no autoexame, descobriu três novos nódulos no local.

Buscou o médico e veio o resultado: um tumor maligno nos seios. Realizou uma cirurgia e começou a quimioterapia em 10 de setembro. Quando o médico falou que ela precisaria raspar a cabeça, o que não ocorreu da primeira vez, a influenciadora relata que passou duas semanas em um “tratamento emocional para lidar da melhor forma possível”.

0

Entretanto, o mais sofrido foi preparar suas filhas pequenas. “A quimioterapia faz parte da minha cura e cortar o cabelo faz parte dessa transformação. Eu me preparei até para se não gostasse de me ver careca: comprei chapéu e lenço, tem solução para tudo. E preparei minhas filhas também. Para elas foi mais difícil, elas são pequenas, o tempo todo falavam que não queriam a mamãe careca, que eu ia ficar horrível”, lembra.

Conversa com as pequenas

Ela conversou com as meninas e mostrou fotos de mulheres carecas. Tentou passar a mensagem de que estava lidando com leveza. “Eu dizia ‘mamãe está muito feliz’. No dia que eu cortei, chamei meus pais, meu marido e minhas filhas e falei que não queria ninguém triste, pelo contrário, queria que todo mundo ficasse muito feliz, porque eu tinha acesso ao tratamento e aquilo era um processo da minha cura”.

Mariana afirma que “foi um dia muito feliz, muito especial e muito bonito”, e que está se sentindo bem. O vídeo teve grande repercussão nas redes sociais, e a fisioterapeuta afirma que esperava tocar as pessoas, por “lidar de forma positiva com um momento tão difícil”.

Mais lidas
Últimas notícias