Troféu Mulher Imprensa: ainda dá tempo de votar no Elas por Elas

Veja como votar no projeto que narrou todos os feminicídios ocorrido no DF em 2019

atualizado 27/02/2020 14:13

O Elas por Elas do Metrópoles é finalista da 14ª edição do Troféu Mulher Imprensa. O projeto, que cobriu sistematicamente todos os casos de feminicídio ocorridos no Distrito Federal no ano de 2019, concorre na categoria Melhor Reportagem Especial ou Série com Temática sobre Violência contra Mulher. A votação ficará aberta até as 23h59 do dia 2 de março.

Um júri especializado, composto por profissionais de relevância no mercado brasileiro, indicou as matérias especiais que tiveram destaque durante o ano de 2019. Nesta etapa final, a votação será feita com voto popular no site do Portal Imprensa.

Clique aqui para votar.

A votação é bastante simples. Acesse o site do prêmio, selecione a categoria Melhor Reportagem Especial ou Série com Temática sobre Violência contra Mulher, opte pelo Elas por Elas e confirme a escolha.

Mas é importante lembrar: a organização envia um link ao e-mail cadastrado para validar o voto. É preciso clicar nele para a escolha ser computada. O processo não toma mais que dois minutos.

A vencedora de cada categoria será a que obtiver o maior número de votos válidos durante o período. A lista de ganhadoras será divulgada no próprio site do prêmio. O primeiro lugar receberá um troféu em cerimônia a ser realizada, em março ou abril, na cidade de São Paulo (SP).

Elas por elas

No ano de 2019, o Metrópoles encarou o desafio de contar as histórias de todas as vítimas de feminicídio do Distrito Federal. Foram 365 dias monitorando os casos ocorridos em Brasília e em suas regiões administrativas a partir dos registros da Secretaria de Segurança, do Ministério Público, do Corpo de Bombeiros Militar e das polícias Civil e Militar. O trabalho concorre no Troféu Mulher Imprensa com projetos do UOL, Agência Pública, Estado de S. Paulo, TV Globo, The Intercept Brasil e G1.

São aterrorizantes os números de violência contra a mulher em 2019: 16.954 boletins de ocorrência, enquadrados na Lei Maria da Penha, foram registrados em delegacias do DF; 89 vítimas sobreviveram a tentativas de feminicídios; e 33 ataques resultaram em morte. Os dados superaram os de 2018.

O Elas por Elas deu visibilidade às tragédias, humanizando estatísticas frias. Contamos em longos textos as histórias de todas as vítimas de feminicídio do Distrito Federal em 2019. Os perfis foram apurados, registrados, editados e revisados por 47 profissionais do sexo feminino, conhecidas por sua sensibilidade. A ideia foi aproximar os leitores da trajetória de vida dessas mulheres e criar empatia, único sentimento capaz de interromper a indiferença diante dos pedidos de socorro de tantas brasileiras.

Além dessa indicação, o Elas por Elas levou medalha de bronze na seção Home Landing Page do prêmio internacional Ñh 2019 – Lo Mejor del Diseño Periodístico. O evento, organizado pela Society of News Design (SND), reconhece matérias visuais, fotografias, ilustrações e infográficos publicados por jornais da Espanha, Portugal e América Latina.

Premiação

O Troféu Mulher Imprensa, uma iniciativa da Revista e Portal Imprensa, é o único prêmio do Brasil destinado a reconhecer o trabalho jornalístico das mulheres dentro e fora das redações brasileiras. A 14ª edição visa homenagear, mediante votação popular, as jornalistas que mais se destacaram em suas áreas de atuação no ano de 2019, além de fomentar a pauta dos direitos da mulher por meio das categorias especiais.

Últimas notícias