Idosa é estrangulada e morta após provocar acidente de trânsito no RJ

Motorista do carro atingido, de 32 anos, socou o rosto da mulher, de 68 anos e a estrangulou até a morte. Em seguida, foi agredido e preso

atualizado 17/01/2022 18:33

Maria Augusta Baião morreu estrangulada após acidenteReprodução

Rio de Janeiro – Um acidente de trânsito em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, terminou na morte de uma idosa de 68 anos. Ela dirigia o veículo que bateu no carro de um homem, de 32, que, ao sofrer a colisão, agrediu e estrangulou a mulher até a morte. Outras duas pessoas ficaram feridas no acidente.

Maria Augusta Baião perdeu o controle do carro e bateu em um outro veículo na noite de domingo (16/1) na RJ-106, na altura do bairro Florestinha. Após estrangular a mulher, o suspeito acabou agredido por pessoas que assistiram à batida. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a UPA de Tamoios, onde foi preso.

Ao G1, a Polícia Civil informou que o homem confessou o crime e foi levado para um presídio na cidade do Rio de Janeiro. Em depoimento, ele contou que ficou transtornado com o acidente, foi até o carro da idosa e a agrediu com um soco no rosto quando ela abriu a porta do carro.

O acusado disse ainda que não se lembra do que aconteceu em seguida e que nunca tinha visto a vítima antes. Antes de ser transferido, ele passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). As outras pessoas feridas foram levadas para o pronto-socorro de Búzios.

Mais lidas
Últimas notícias