Homem denuncia esposa por tomar cartão e trancá-lo em casa

Segundo consta no boletim de ocorrência, a vítima disse que é impedido de "fazer a barba na rua" e realizar atividades necessárias

idoso de cabeça baixaReprodução

atualizado 30/01/2020 15:18

Um homem, de 65 anos, denunciou a esposa, com quem vive há 20 anos, por tomar o cartão de benefícios dele. Além disso, ele contou que a mulher usa o dinheiro em benefício próprio e o proíbe de sair de casa. A informação é do site Campo Grande News.

A mulher teria feito o financiamento de um veículo no nome do marido. O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), depois que o homem pediu ajuda dos filhos e relatou o que ocorria.

No depoimento, a vítima disse que há três anos a mulher tomou o cartão de benefícios, está usando para outros fins, e ele está sendo privado de necessidades básicas.

Consta no boletim que ele é “proibido de sair para fazer a barba” ou ir ao salão cortar as unhas. Ele diz que tem feridas nos pés que não cicatrizam e uma unha está rachada e sem cuidados.

Segundo a vítima, ele não quer mais viver com a esposa. O caso foi registrado como expor pessoa a perigo e apropriação ou desvio de bens, pensão ou qualquer rendimento de pessoa idosa.

Últimas notícias