*
 

A Polícia Militar de Jaraguá do Sul (SC) encontrou o corpo de uma mulher, que estava grávida de três meses, enrolada em um cobertor dentro do carro do marido. Segundo a polícia, a suspeita é de que Andreia Campos Araújo tenha sido morta pelo próprio esposo, Marcelo Kroin, com um golpe na cabeça após a discussão.

Em depoimento, o marido disse que estava em uma festa com a mulher e começaram a discutir. Ele, então, foi embora sozinho. Por volta de 3h, Andreia teria chegado bêbada e discutido novamente com Marcelo. A mulher foi à cozinha, pegou uma faca e começou a ameaçá-lo e agredir com socos.

Para tentar se defender, ainda de acordo com a versão de Marcelo, ele teria dado um soco na vítima. Andreia, então, caiu com a cabeça no chão e morreu. O marido colocou o corpo no carro e foi até a cidade de Canoinhas, mas, desesperado, ficou sem saber o que fazer e voltou para casa.

Segundo o jornal A Notícia, o suspeito tem passagens por violência doméstica e ameaça de agressão. Andreia deixa uma filha de 10 anos.