Governo prorroga uso da Força Nacional na Amazônia até abril de 2021

Grupo fará o combate ao desmatamento, à extração ilegal de minério e madeira e à invasão de áreas federais

atualizado 14/10/2020 11:01

Helicóptero da Força NacionalIgo Estrela/Metrópoles

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, prorrogou o apoio da Força Nacional ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) nas ações de proteção ambiental na Amazônia.

Agora, a Força Nacional ficará até abril do ano que vem ajudando no combate ao desmatamento, à extração ilegal de minério e madeira e à invasão de áreas federais.

A portaria com a determinação do ministro foi publicada nesta quarta-feira (14/10) no Diário Oficial da União (DOU). A medida tem validade de 180 dias.

“A operação terá o apoio logístico do órgão demandante, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública”, escreveu o ministro.

O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Segundo o ministério, a medida tem “caráter episódico e planejado”.

Últimas notícias