Governo de São Paulo repassará R$ 100 mi para ajudar hospitais

O intuito é que unidades de saúde tenham reforço no custeio para atendimento de pacientes, para que seja possível desafogar hospitais

João Doria, governador de SP

atualizado 31/03/2020 14:17

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira (31/03) novas medidas para conter o avanço do coronavírus no estado.

Entre as decisões, o governo estadual vai repassar R$ 100 milhões para 300 Santas Casas e hospitais municipais até 31 de julho. O auxílio será feito em parcelas de R$ 25 milhões.

“O intuito é que unidades de saúde tenham reforço no custeio para o atendimento de pacientes, para que seja possível desafogar os hospitais, sobretudo no atendimento de média e alta complexidade de infectados”, ressaltou o governador.

Outra medida anunciada foi um protocolo de teleconsulta, no qual médicos e especialistas do Hospital das Clínicas e do Incor poderão discutir casos de infecção da doença com profissionais de saúde de outras unidades de saúde do estado.

Doria voltou a pedir que as pessoas sigam as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da nova campanha oficial de São Paulo e fiquem em casa. O texto da peça publicitária afirma que a economia pode ser recuperada, mas a vida não.

O tucano destacou que conversou por telefone com o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, para pedir dicas sobre o que funcionou para conter o avanço da doença no país, que conta com mais de 6 mil óbitos, e o que não funcionou. “Giuseppe deu uma aula de humildade e admitiu que errou ao apoiar a campanha que afirmava que Milão não podia parar”.

Últimas notícias