Governadores pedem envio de mais vacinas ao RJ por alta de variante Delta

Fórum Nacional de Governadores pede doses extras para o Rio, estado com maior número de casos da cepa

atualizado 05/08/2021 18:06

Vacinação na comunidade Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré no Rio de Janeiro 1Aline Massuca/Metrópoles

O Fórum Nacional dos Governadores despachou um ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para pedir o envio de mais doses de vacinas ao Rio de Janeiro, o estado com maior número de casos da variante Delta do coronavírus.

O objetivo é conter o avanço da cepa, considerada a mais transmissível entre as que circulam pelo mundo.

No documento, ao qual a colunista do jornal O Globo Bela Megale teve acesso, os governadores ressaltam que a escalada ameaça não somente o estado, como todo o país.

“Governadores dirigem-se a V.Exa. para solicitar providências do Ministério da Saúde no sentido do provimento de assistência subsidiária a ser dirigida ao Estado do Rio de Janeiro, por meio da alocação de vacinas suplementares destinadas a sua população, tendo em vista o aumento significativo do número de casos de contaminação pela variante Delta da Covid-19, configurando ameaça não apenas ao enfrentamento da crise sanitária fluminense, mas também aos esforços de vacinação em todo o território nacional, que mantém com aquele Estado vínculos estreitos de intercâmbio”, diz trecho do ofício.

Mais de 100 casos da variante Delta já foram identificados no estado do Rio. Na última rodada de coleta de amostras, cerca de 26% eram da cepa indiana. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou que há tendência de a variante ultrapassar a Gama, também chamada de P.1, e se tornar a mais frequente no estado.

Além disso, a SES informou que, na capital fluminense, 45% dos casos de Covid-19 são da variante Delta.

“No monitoramento genômico que realizamos no estado identificamos que a variante Delta está em circulação com tendência de aumento e deve se tornar a mais frequente. Por isso, é importante que os municípios continuem avançando no processo de vacinação contra a Covid-19. Independentemente da cepa do vírus ou da sua linhagem, a vacinação segue sendo a melhor medida de prevenção contra a Covid-19”, disse o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) dá continuidade, nesta quinta-feira (05.08), à entrega de 298 mil doses da vacina contra a Covid-19 aos 92 municípios do estado. Estão sendo distribuídas 104 mil doses de CoronaVac para a primeira e a segunda aplicação e 194.220 da Pfizer para a primeira dose.

Últimas notícias