Queiroga promete 60 milhões de doses de vacina contra Covid neste mês

O objetivo do governo federal é que toda a população adulta receba a primeira dose até setembro, e a segunda, até dezembro

atualizado 05/08/2021 18:50

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, na tarde desta quinta-feira (5/8), que o Brasil receberá, no mês de agosto, “mais de 60 milhões de doses” de vacinas contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O cardiologista também adiantou que, para o mês de setembro, a expectativa é que essa mesma quantia de imunizantes chegue ao país.

O anúncio foi feito durante cerimônia realizada no Palácio do Planalto, para entrega das medalhas da Ordem do Mérito Médico e Ordem do Mérito Oswaldo Cruz.

Queiroga ressaltou o recorde de 43 milhões de doses distribuídas somente no mês de julho, a aplicação de mais 147 milhões de unidades de vacina contra a Covid-19, e o fornecimento de mais 184 milhões de doses aos brasileiros.

O chefe da pasta da Saúde reforçou, inúmeras vezes, que o objetivo do governo federal é que toda a população adulta receba a primeira dose até setembro, e a segunda, até dezembro.

“Assim, esperamos um controle adequado do caráter pandêmico da Covid-19. Nosso único inimigo é o vírus. Por isso, é importante a união de todos. Seguiremos juntos com respeito às orientações das autoridades sanitárias e à vacinação de nossa população”, disse, em cadeia nacional.

Na semana passada, o cardiologista foi além e estimou que 50% da população acima de 18 anos deve receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19 até o fim do mês de setembro.

“O PNI tem dado as respostas que a sociedade precisa. A vacina fez cair em 40% o número de óbitos. É a melhor estratégia para controlar o caráter pandêmico da doença”, acrescentou o ministro.

25% da população imunizada

Dados do Ministério da Saúde mostram que 64,2% dos brasileiros maiores de 18 anos receberam uma dose da vacina contra a Covid-19. Disponível na plataforma LocalizaSUS, o levantamento considera o período desde o início da campanha de imunização até a quarta-feira (4/8).

O órgão também aponta que 40,4 milhões de brasileiros foram vacinados com as duas aplicações ou com o imunizante da Janssen, de dose única. O número representa 25,2% da população adulta do país.

Últimas notícias