Golpe: dupla criou contas falsas e retirou R$ 240 mil em empréstimos

Polícia deflagrou operação para prender os suspeitos. Um deles foi encontrado em Cidade Ocidental, no Entorno do DF. O outro está foragido

atualizado 05/08/2022 11:45

homens são presos no entorno após obtenção de R$ 120 mil mediante fraude bancáriaPCGO

Goiânia – Dois homens moradores de Cidade Ocidental (GO), no Entorno do Distrito Federal, foram alvos de operação da Polícia Civil de Goiás (PCGO), após a aquisição ilícita de R$ 120 mil cada, mediante fraude bancária e lavagem de dinheiro. Um deles foi preso e o outro segue foragido.

Segundo a polícia, os homens abriram uma conta falsa no Banco Santander e se beneficiaram de valores obtidos mediante empréstimo. Em seguida, na intenção de pulverizar a quantia sem gerar suspeita, cada um deles recebeu 15 transferências via Pix de pequenos montantes.

Os valores eram transferidos em dias e locais variados para outras contas também controladas por eles. Com isso, cada um dos suspeitos teria obtido R$ 120 mil, ao final do processo. Essa prática, conforme a investigação, é conhecida como “smurfing”, bastante utilizada em esquemas de lavagem de dinheiro.

O objetivo dos investigados, segundo a polícia, era dissimular a origem criminosa dos recursos. A 1ª Delegacia de Formosa, em parceria com a 1ª Delegacia de Valparaíso de Goiás, deflagrou a Operação Falso 9 para efetuar a prisão da dupla.

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela Justiça. Um dos homens foi encontrado em Cidade Ocidental. O outro ainda não foi localizado. Eles são investigados pelos crimes de estelionato, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Mais lidas
Últimas notícias