Goiânia: aprovada lei que desobriga uso de máscaras em locais abertos

Prefeito Rogério Cruz ainda deve sancionar medida e regulamentar os locais onde o uso do acessório deve continuar obrigatório na capital

atualizado 17/03/2022 13:21

goiás libera uso de máscara em espaços abertos Vinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – A Câmara de Vereadores da capital goiana aprovou, nesta quinta-feira (17/3), em segunda votação, o projeto de lei que desobriga a população a usar máscaras faciais em locais abertos na cidade. O prefeito Rogério Cruz (Republicanos), que enviou a proposta à Casa, ainda deve sancionar a medida para que comece a vigorar.

A proposta foi aprovada, por unanimidade, pelos 24 vereadores presentes. Em Goiás, o uso de máscaras em locais abertos foi liberado desde segunda-feira (14/3).

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

O texto foi enviado pelo prefeito na última sexta-feira (11/3). A medida revoga outra lei, sancionada em 2020, que obrigava o uso de máscaras faciais por causa da pandemia da Covid-19.

A expectativa é de que o projeto aprovado chegue ao prefeito ainda nesta quinta-feira para que ele sancione a medida, que deverá passar a valer imediatamente depois. Cruz deverá regulamentar os locais onde o uso do acessório deve continuar obrigatório.

Flexibilização

Na terça-feira (15/3), o prefeito já havia assinado novo decreto que autorizou diversos estabelecimentos comerciais e igrejas a funcionarem com até 80% da capacidade de lotação, desde que respeitados os protocolos sanitários.

A medida permitiu maior público em academias, bares, restaurantes, shoppings centers, além de igrejas e estádios de futebol, por exemplo. De acordo com o decreto, os estabelecimentos deverão obedecer aos seguintes protocolos:

Mais lidas
Últimas notícias